O que era ruim está ficando pior

setembro 27, 2017 No Comments »
O que era ruim está ficando pior

É um cenário aterrorizante, porque não sabemos o que ainda de pior pode vir até o final de 2017

*Isaac Wallace de Oliveira

Antes já imaginava que o governo Michel Temer seria ruim. Cometi um erro: a cada dia sua administração fica pior. Nunca presenciei gestão governamental tão corrupta quanto à atual. Praticamente todos os ministros estão envolvidos em atos ilícitos ou no português claro: enfiaram a mão em dinheiro público por meio de pagamento de propina.

Para nós trabalhadores sobrou o rabo de foguete: para mais de 13 milhões a dor cruel é o desemprego. Quem permaneceu no emprego, a ameaça constante de demissões ou perdas de direitos adquiridos por meio da macabra reforma trabalhista, que passa a vigorar a partir de 13 de novembro ressuscitando a escravidão extinta em 1888 através da Lei Áurea.

É um cenário aterrorizante, porque não sabemos o que ainda de pior pode vir até o final de 2017. Afinal de contas o atual governo é uma quadrilha disfarçada de quadros políticos. A mídia que tanto estardalhaço fez contra a presidente Dilma Rousseff continua de bico calado. Parece que ser indiciado criminalmente não é algo impactante, quando o acusado é o próprio presidente Michel Temer.

Nas delações premiadas já surgem boatos de que os R$ 31 milhões, da fortuna de R$ 51 milhões encontrados num apartamento alugado pelo então homem forte do PMDB e de Temer, Geddel Vieira Lima, seria do próprio Michel Temer. Infelizmente nada disso é suficiente para levar os milhões de paneleiros que tanto criticaram a corrupção na gestão Dilma Rousseff.

Cabe a nós do movimento sindical continuar firme na luta, confiando em nossos próprios braços. Neste cenário maluco é melhor mantermos os pés nos chãos, reivindicando, mobilizando e esclarecendo o trabalhador, de que sem o sindicato a vida profissional dele será um inferno criado pelo Congresso Nacional a mando do presidente Michel Temer.

*Isaac Wallace de Oliveira é presidente da Ferquimfar (Federação dos Trabalhadores nas Indústrias do Ramo Químico, Farmacêutico e Material Plastico do Estado do Rio de Janeiro) e secretário geral da Força Sindical RJ